O horror!

O horror consiste em precisamente no facto de estes acontecimentos tenebrosos quase deixarem de ser horríveis para nós! É disso que é preciso ter medo, do nosso hábito, e não do crime concreto deste ou doutro indivíduo. Em que residem as causas da nossa indiferença, da nossa atitude, que não passa de uma morna atitude, para com estes sinais do tempo que nos profetizam um futuro pouco invejável?

Residirão no nosso cinismo, ou no esgotamento precoce do intelecto e da imaginação da nossa sociedade ainda tão jovem, mas tão prematuramente decrépita? Será que residem nos nossos princípios morais ancilosados até aos alicerces, ou no final de contas, no facto de tais princípios morais nem sequer existirem entre nós? Não tentarei dar respostas a estas questões, porém, elas são dolorosas e todo o cidadão as sofre, e não só, é obrigado a sofrê-las.

Fiódor Dostoiévski, Os irmãos Karamázov

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s