Liberdade

O mundo proclamou a liberdade, especialmente nos últimos tempos, e o que vemos de liberdade deles? Só escravidão e suicídio! Porque o mundo diz: “ Tens necessidades, portanto satisfá-las, porque tens o mesmos direitos que as pessoas mais nobres e ricas. Não temas satisfazê-las mas, inclusive, multiplica-as” — eis a doutrina actual do mundo. É nisso que eles vêm a liberdade. Então, o que resulta deste direito à multiplicação das necessidades? Entre os ricos, o isolamento e o suicídio espiritual, entre o pobres a inveja e o homicídio, porque os direitos foram dados, mas não foram indicados ainda os meios para satisfazê-los. Afirmam que o mundo fica cada vez mais unido, entra no convívio fraternal mediante a redução das distâncias, transmite ideias pelo ar. Infelizmente, não podemos acreditar nesta união das pessoas. Entendendo a liberdade como a multiplicação e a rápida satisfação das necessidades, deformam a sua natureza, porque geram em si muitos desejos, hábitos e invenções absurdos e estúpidos. Vivem apenas para ter inveja uns dos outros, para a intemperança e para a arrogância. Ter banquetes, carruagens, graduações e criados-escravos é considerado já uma necessidade tal que, por ela, sacrificam a própria vida, a honra e o humanismo, por ela matam-se a si mesmos caso não possam satisfazê-la.

(…)

Não é pois de admirar que, em vez da liberdade, eles tenham entrado na escravidão e que, em vez do serviço pelo amor fraterno e pela unidade humana, eles tenham entrado pelo caminho da separação e do isolamento, da solidão,… Por isso se apaga o mundo, cada vez mais, a ideia de serviço à humanidade, a ideia de fraternidade e comunidade das pessoas e, na verdade, o mundo responde a esta ideia com ironia, porque: como é possível desistir dos seus hábitos? E para onde irá este escravo se está tão habituado a satisfazer as suas inúmeras necessidades por ele mesmo inventadas? É um solitário, o que lhe importa a unidade? Quantos mais bens acumulados, menos alegria.

Fiódor Dostoiévski, Os irmãos Karamázov

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s